Tarô Experimental: A Iluminação

A iluminação representa nossa capacidade de adivinhar, de intuir, de saber algo por dentro, de uma forma indefinível até, mas não menos certa. É uma experiência única e absoluta que não podemos, no entanto, provocar. Não temos controle sobre o que aqui chamo de Iluminação, pois ela acontece, simplesmente. É mesmo o acaso feliz que nos socorre, e que pode ser atribuído indiferentemente a qualquer coisa, do anjo da guarda à sorte. Quando a Iluminação aparece, ela inspira confiança e, sobretudo, a certeza interior de que podemos transcender a individualidade que, como meramente pertinente a nossa identidade pessoal, tem limites e, como tal, não ultrapassa a medida de nossa pessoalidade. Não temos como provocar a iluminação, mas ela felizmente acontece, seja como inspiração, seja como impulso criativo, seja como uma certeza íntima de que alguma coisa maior atua em nós, ainda que não seja senão a própria obra da vida que, como tal, é dinâmica e construtiva. A imagem da lâmina, eu a montei sobrepondo uma tela da intitulada “A Pintura” à foto da chaminé da antiga Cervejaria Brahma, prédio onde hoje funciona um shopping aqui em Porto Alegre.

Postagens mais visitadas